logo Cabecalo
Mesmo no twitter Propaganda política só a partir de 6 de julho
Direto do Portal IG
Brasília
16/3/2012 08:16:00
Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu por 4 votos a 3

 

Brasília - Os candidatos a cargos eletivos em 2012 não podem usar o Twitter para se “autopromover” ou pedir votos antes do período de propaganda permitido por lei. É o que definiu o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), por 4 votos a 3, em julgamento na noite do último dia 15 de março. Os ministros entenderam que o Twitter é um meio de difusão de massa e que assim como ocorre no rádio e na TV, a propaganda só deve ser autorizada a partir do dia 6 de julho.
 
O TSE analisou recurso do candidato à vice-presidência da República Índio da Costa, que disputou o cargo na chapa de José Serra (PSDB) em 2010. O Ministério Público Eleitoral acionou o TSE para contestar quatro mensagens em que o político pedia votos para Serra. As mensagens foram postadas no microblog no dia 4 de julho, dois dias antes do período de propaganda permitido por lei. Índio da Costa era seguido por 40 mil pessoas.

 

Ver comentários
Escrever comentários
Você está economizando água?
Sim, Estou fazendo minha parte
Não, pago minha conta em dia e por isso não vou economizar
Só iriei economizar quando houver racionamento